Menu Fechar

ACERCA DA
ZERO DESPERDÍCIO

ACERCA DA
ZERO DESPERDÍCIO

A ZERO DESPERDÍCIO nasceu de um movimento de cidadania, quando em plena crise económica e social se assistia ao depósito de enormes quantidades de refeições e alimentos em fim-de-vida em contentores de resíduos, normalmente em contentores resíduos indiferenciados, que poderiam ter sido recuperados, para alimentação humana ou, não sendo possível para alimentação humana, para alimentação animal ou compostagem.
 
Com origem na  DARIACORDAR - ASSOCIAÇÃO PARA A RECUPERAÇÃO DE DESPERDÍCIO, uma associação sem fins lucrativos criada em 2011, com o objetivo de transformar o mundo através da prevenção de produção de lixo em todas as áreas da indústria, comércio e consumo, e da adoção de comportamentos associados à responsabilidade ambiental: prevenção, recuperação, reciclagem e inovação, a marca ZERO DESPERDÍCIO tem recebido diversas distinções e prémios nacionais e europeus, pelo movimento ambiental e social que representa, pelo empreendedorismo sustentável implícito no seu modelo de negócio e pela inovação do seu modelo operacional, contribuindo de forma significativa para que entidades do setor do comércio, retalho, restauração e similares transformem os seus modelos de negócio baseados numa economia linear, para uma economia circular e colaborativa.

O principal foco da ZERO DESPERDÍCIO é o combate ao desperdício, em todas as suas dimensões e vertentes, da produção ao consumo, dos oceanos à energia, dos recursos ao conhecimento, associando-se à inovação, às novas abordagens e possibilidades de construção de um futuro e de uma sociedade mais sustentável. A estratégia base de combate ao desperdício e implementação de modelos de economia circular foca-se fortemente no combate ao DESPERDÍCIO ALIMENTAR, cujo modelo operacional é fortemente reconhecido pela ONU, Comissão Europeia, ASAE, entre muitas outras entidades nacionais e internacionais.

 
 
 
 
 

O principal foco da DARIACORDAR é o combate ao desperdício, em todas as suas dimensões e vertentes, da produção ao consumo, dos oceanos à energia, dos recurso ao conhecimento, associando-se à inovação, às novas abordagens e possibilidades de construção de um futuro e de uma sociedade mais sustentável. A estratégia base de combate ao desperdício e implementação de modelos de economia circular nestas diversas dimensões é o seu programa ZERO DESPERDÍCIO, já reconhecido pela ONU, Comissão Europeia, ASAE, entre muitas outras entidades nacionais e internacionais.

Em 2012, em parceria com a agência de publicidade JWT (J. Walter Thompson) e com a agência de design e comunicação ADDAPTERS, foi iniciada a campanha PORTUGAL NÃO SE PODE DAR AO LIXO. Esta contou desde o início com o apoio da Fundação PT, da Sapo, do GCI, da VdAd e da Strategos.
 

Em 2017, integra o projeto Europeu FORCE–CITIES COOPERATING FOR CIRCULAR ECONOMY, com o intuito de replicar o modelo ZERO DESPERDÍCIO a uma escala Europeia. Tem por estratégia o desenvolvimento de uma nova plataforma dedicada à Economia Circular, ajustada a vários canais de reciclagem.

Também em 2017, o modelo operacional associado à marca ZERO DESPERDÍCIO é replicados à área de influência da LIPOR, consolidando a sua presença no norte de Portugal. É também um ano marcado pela conquista do Primeiro Prémio de Sustentabilidade dos Green Awards.
 
Em 2020, encontra-se na fase final da adaptação da nova plataforma digital e do novo modelo ZERO DESPERDÍCIO para grandes redes de retalho, bem como um novo modelo de negócios para a sua internacionalização e expansão. 2020 ficará ainda marcado por novidades que não vamos ainda revelar, mas que marcará a história da ZERO DESPERDÍCIO .