Menu Fechar
Dicas Sustentáveis

DICAS PARA UM ESTILO DE VIDA QUE PODE ATENUAR AS ALTERAÇÕES CLIMÁTICAS

As alterações climáticas fazem parte de um todo e não só deste ou daquele cidadão, desta ou daquela empresa, deste ou daquele país. O planeta é a casa de todos os seres vivos e não vivos é responsabilidade da humanidade a adoção de um estilo de vida egoísta, consumista, centrado no lucro e pouco na preservação de tudo - recursos naturais, recursos transformados, conservação dos habitats, preservação dos direitos humanos, passagem de valores de cidadania essenciais e não essenciais entre gerações - um mundo com igualdade género, sem cidaçãos de primeira, segunda ou qualquer outra classe considerada maior ou menor.
 
Podemos escrever sobre dicas sustentáveis direcionadas a empresas, dicas sustentáveis direcionadas a escolas, dicas e dicas com especificidades distintas e escrevemos hoje desta forma, porque nos esquecemos de as aplicar no dia-a-dia enquanto cidadão de um planeta que não é apenas nosso. É nosso, dos nossos filhos, netos e gerações seguintes. Hoje, há já gerações que estão a herdar um planeta ressentido e que se faz notar nas alterações climáticas, na seca, na incapacidade de gerar vida nos solos. Não basta dizer que é necessário mudar. É necessário agir.
 
Na qualidade de organização não governamental a DARiACORDAR / ZERO DESPERDÍCIO atua na recuperação de excedentes e na sensibilidação da sociedade para os impactos ambientais que estes excedentes iriam provocar caso se tivessem transformado em resíduos. É na qualidade de sensibilização que convidamos todo e qualquer cidadão a implementar as seguintes dicas destacadas num estudo divulgado pelo The Guardian que pode ser consultado Aqui.
 

DICAS SUSTENTÁVEIS PARA APLICAR SEM HESITAR

As dicas sustentáveis que se seguem são direcionadas a cidadãos, porque antes de nos assumirmos com qualquer outra qualidade na sociedade - categoria profissional, partido político, empresário - somos cidadãos de um mesmo planeta:
 

Dica
1 Faça uma dieta com base em vegetais, com doses equilibradas para que não se gere desperdício - evite as sobras no prato.
2 Não compre mais que três peças de roupa novas por ano. Estime as roupas que já tem, procure comprar roupas duráveis e produzidas a partir de matérias que podem ser ercicladas no seu fim de vida.
3 Matenha os aparelhos eletrónicos, pelo menos, durante 7 anos.
4 Não faça mais do que um voo de curta distância a cada três anos e um voo de longa distância a cada oito anos. Aproveite para ir conhecendo também a sua cidade, aquela aldeia, o seu país.
5 Se puder não utlize veículos motorizados, mas caso seja necessário, mantenha o seu veículo por um maior número de anos.
6 Faça pelos menos uma mudança no seu estilo de vida, para estimular o sistema, como por exemplo mudar a energia que usa para uma energia mais amiga do ambiente e tornar a sua habitação com maior eficiência energética.

 
Outras dicas seriam igualmente importantes destacar, tais como, poupar água; gerar menos desperdício; não comprar se realmente é dispensável; recuperar, reparar, reutilizar, doar bens e produtos que não necessita, tudo menos descartar para o lixo indiferenciado que acaba em aterro ou inceneração lançando toneladas de gases efeito de estufa para a nossa atmosfera; ajudar o próximo, hoje por ele amanhã por nós; conservar a natureza, o nosso habitat e o habitat de outras espécies; parece tudo tão básico e de senso comum, mas a realidade é que nos esquecemos do quão importante é o MANTER o que temos, APOIAR o próximo, NÃO GERAR RESÍDUOS a partir dos excedentes que são produzidos.
 
Para além do que podemos fazer no nosso quotidiano diário em casa e caminho para o emprego, também nas empresas podemos assumir um papel igualmente responsáveis para com o ambiente e sociedade, ao mesmo tempo que geramos emprego e contribuimos positivamente para a economia individual e global. Os procedimentos de trabalho podem ser mais eficientes, bem como a energia que se usa e a sua utilização, os excedentes que se geram na indústrias, nas empresas e outro tipo de organizações podem ser valorizados. A DARiACORDAR / ZERO DESPERDÍCIO atua na recuperação de excedentes possuindo uma WEB APP - ZERO DESPERDÍCIO 360 - que quanttifica, monitoriza e mede impactos ambientais, económicos e sociais dos excedentes valorizados. Conheça os nossos PARCEIROS e FAÇA PARTE do Movimento ZERO DESPERDÍCIO.
 
Inspire outros e deixe-se inspirar por este vídeo que faz parte da campanha de sensibilização para as dicas sustentáveis apresentadas:
 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *